Daniel e Anderson voltam a treinar com a Seleção

Após dez meses, Seleção Brasileira masculina de vôlei sentado volta a se reunir e já trabalha forte pensando em Tóquio 2021. 

Os atletas do IPP Brasil, Anderson Rodrigues e Daniel Silva, estão trabalhando junto com a seleção comandada pelo treinador, Celio Mediato, na cidade de Aracaju (SE). A última vez que o time se reuniu foi em fevereiro de 2020 e devido a pandemia, os atletas só puderam fazer seus treinos online ou em academias. Com isso aumentou a preocupação da comissão técnica com relação a preparação física dos jogadores.

O elenco se reapresentou no último dia 17 de janeiro e ficará treinando na cidade até o próximo dia 23. O treinador está aproveitando essa semana para avaliar a situação de cada jogador, principalmente fisicamente. Pois com a paralização de competições, o ritmo dos atletas tem sido muito menor do que se estivessem em competições.

O levantador e capitão da Seleção e do IPP Brasil, Daniel Silva, destaca as dificuldades desse retorno e a expectativa que os atletas estão vivendo quando o assunto é as Paralimpíadas no Japão. “Depois de 10 meses retornamos a treinar com a seleção. Ainda sentindo um pouco a falta de ritmo. Mas se Deus quiser logo estaremos bem próximos do nível que estávamos ano passado. Com relação a Paralimpíada, não sabemos ainda se realmente acontecerá. Mas não podemos nos preocupar com isso, temos q focar nos treinos para estar 100%. Temos um objetivo que é de ganhar uma medalha em Tóquio”. Destacou.

Outro ponto que vem marcando bastante os atletas nesse retorno, é a preocupação com o Covid-19. Estão sendo tomados vários cuidados que fazem com que todas as situações vividas por eles em outras concentrações seja diferente, como por exemplo, a utilização da máscara durante os treinos e o confinamento no hotel.

Para Anderson Rodrigues, um dos principais jogadores do IPP Brasil e da Seleção, essas mudanças nos treinos e no convívio dos atletas são sentidas, mas não irão atrapalhar o sonho de chegar em uma Paralimpíada.

“Hoje fizemos nosso primeiro coletivo após dez meses. Estava todo mundo muito instigado para jogar. Foi um baita treino e pudemos matar a vontade de estar em quadra.  Estamos muito empolgados com a nova maneira de treinar, tomando todos os cuidados para que o nosso sonho de participar das Paralimpíadas, em Tóquio, seja realizado. Estamos trabalhando muito forte e seguimos focados nesse objetivo que é buscar mais uma medalha olímpica e trazer um pouco de alegria para o Brasil”. Finalizou.

A Seleção segue com os trabalhos em Aracaju, até o próximo dia 23. Após isso os atletas se reapresentam em seus clubes para darem continuidade nos treinos, focando as competições que virão e principalmente pensando nas Paralimpíadas que deverão acontecer em agosto de 2021, se nada for alterado.

Share Button
Empresas Parceiras
next
prev
Unilehu