Atletas do IPP Brasil sonham com Tóquio e voltam a competir em Abril.

Tuany é a grande esperança do Brasil na busca por medalha nas Paralímpiadas (Foto: Divulgação)

O CPB (Comitê Paralímpico Brasileiro), após um longo período de inatividade de competições devido a pandemia, volta com as atividades para fechar o seu elenco que irá para Tóquio disputar as Paralimpíadas de 2021.

Algumas modalidades já retomaram os treinamentos, como a Seleção Brasileira de vôlei sentado.  Para abril está programado um “Aberto de Atletismo”, mais precisamente entre os dias 9 e 14, onde os atletas que não conseguiram, ainda, atingir o índice para as Paralimpíadas terão a oportunidade de alcançar e garantir suas vagas.

No IPP Brasil, dois atletas tem grandes possibilidades de conseguir já nessa primeira oportunidade seus índices. São eles, Tuany Barbosa e Emanoel Victor. Tuany vem de grandes resultados, principalmente a sua participação no Parapan que foi disputado em Lima, no Peru, onde trouxe medalhas. Já Emanoel, que participou do Mundial do Qatar, em 2019, vem treinando muito forte e um dos principais incentivos foi a chegada da sua filha Valentina, que veio para alegrar a vida da família e trazer muita energia para o atleta, que vem se preparando muito forte para buscar o índice.

Para o coordenador de modalidades do IPP, Walcir Santos, Tuany e Emanoel Victor estão preparados para conquistarem suas vagas já na primeira oportunidade. “Tenho plena certeza que eles irão atingir o nível, pois o treinador fez uma preparação muito bacana e eles estão prontos. Vão alcançar o índice com certeza. Estão preparados física, técnica e emocionalmente”. Destacou.

Além de confiar muito na classificação dos atletas, Walcir fala da expectativa de inclusive vermos Tuany e Emanoel voltarem com medalhas do Japão. ”São as melhores possíveis. Pois como disse antes, esse tempo maior de preparação possibilitou o aprimoramento das performances e consequentemente dos resultados. Certamente os atletas tiveram grande desenvolvimento pessoal, profissional e esportivo, aumentando a um nível extraordinário as chances de medalhas nos próximos Jogos”. Finalizou.

Além dessa competição que será realizada em São Paulo, os atletas terão mais duas possíveis oportunidades de atingir o tão sonhado índice. A primeira é o Aberto Internacional de Buenos Aires na Argentina, logo após ao torneio do Brasil, de 15 a 17 de abril. A outra chance será em junho, em São Paulo, ainda sem data definida.

Share Button
Empresas Parceiras
next
prev
Unilehu