Brasil conquista o quarto Parapan consecutivo e já tem a vaga para Tóquio garantida

Daniel ao centro comemora mais um ponto que levou o Brasil ao ouro. (Foto: 
Enrique Cuneo/ Lima 2019)

O Brasil decidiu na última quarta-feira (28) a medalha de ouro e a vaga para as Paralimpíadas em Tóquio 2020, contra o bom time dos Estados Unidos. Em um jogo muito pegado, o time do técnico Célio Mediato não tomou conhecimento dos americanos, aplicando mais um 3 sets a 0, fechando com chave de ouro a excelente campanha nos jogos Parapan-americanos.

O primeiro set o time brasileiro passou com tranquilidade,25×18. Já no segundo, o time americano tentou uma reação mas logo foi dominado pelos brasileiros que fecharam em 25×22. Com muita tranquilidade a seleção fechou o terceiro set com um 25×12, para não deixar nenhuma dúvida. 

“Foi um jogo muito disputado, mas a gente conseguiu imprimir nosso ritmo, mesmo com a força do adversário fizemos um grande jogo e conseguimos vencer”. Falou o atacante Anderson, que está retornando para a seleção brasileira e conquistou o seu primeiro Pan.

“Eu estou muito feliz, é o meu primeiro Parapan-americano e não é só pelo título, é também pela minha volta para a seleção e isso só me empolga mais para seguir trabalhando e buscar muito mais, ainda”. Destacou.

Para Daniel Silva, a vitória veio para afirmar o vôlei brasileiro como o melhor das Américas e considerou essa partida como o jogo impecável. “Conseguimos imprimir nosso ritmo desde o começo do primeiro set evencemos por 25×18. O segundo set, nos acomodamos e saímos perdendo de 8×2. Então com muita calma e paciência, mostramos porque somos vice líderes do ranking mundial, conseguimos virar e fechar em 25×22.

No terceiro set não deixamos os americanos respirarem e fomos como um rolo compressor pra cima deles e fechamos o jogo com um 25×12”. Comemorou o levantador.

A campanha brasileira nesse Parapan foi impecável, foram sete jogos e sete vitórias. 23 sets disputados e apenas dois perdidos. O levantador Daniel, que já está no seu quarto Parapan afirmou que a emoção é a mesma das outras conquistas. “A conquista da medalha é um momento de muita emoção. Pois viemos de meses e meses de treinamento, de dores, de dificuldades, e quando acaba a partida a gente sente além da alegria da conquista, a sensação de que valeu a pena cada gota de suor, cada treino, cada bola. É minha quarta conquista em Parapan-americanos, mas cada uma tem um gostinho especial , e essa não foi diferente. Também, estou muito feliz por termos carimbado nosso passaporte para a Paralímpiada de Tóquio”. Disse Daniel.  

Já para Anderson é só alegria, ele conquistou o seu primeiro ouro. “Estou feliz demais, é mais uma medalha para a lista do IPP Brasil”. Sorriu. 

Daniel destaca ainda, a estrutura e base que o IPP Brasil da para eles terem a continuidade na seleção. “Ter uma infraestrutura para treinos e competições como temos no IPP, é muito importante para chegar e se manter na seleção”, finaliza.

Agora os atletas retornam para Curitiba e se preparam para a sequência de campeonatos que o IPP Brasil tem pela frente.

Share Button
Empresas Parceiras
Unilehu