IPP Brasil segue se destacando no Parataekwondo e Pedro Neves garante o título de Campeão Brasileiro de 2021.

 

O IPP Brasil segue se destacando nas competições que disputa. Após se tornar uma das instituições mais fortes no vôlei sentado e no atletismo, agora é no Parataekwondo que o clube mostra sua força.

Em 2021 o IPP Brasio cedeu  seus atletas para a cidade de Curitiba para o Parajaps e Pedro Neves, junto com Valter Sedano, conquistaram medalhas de ouro nas suas categorias e colaboraram com a cidade na conquista dos jogos.

Já no ultimo fim de semana, foi realizado em São Paulo no CT Paralímpico, o Campeonato Brasileiro da modalidade e novamente os atletas do IPP fizeram bonito. Pedro levou o título na categoria acima de 80 quilos e Valter disputando seu primeiro brasileiro ficou com o segundo lugar na categoria até 80 quilos.

O atleta Pedro Neves que já tinha feito uma grande competição em 2019, conquistando o terceiro lugar, quando disputou seu primeiro Brasileiro, dois anos depois, consegue chegar ao alto do pódio com um título que ficará marcado para sua vida.

“Ainda estou na adrenalina, mudar de modalidade e todo esse processo de transição que eu passei. Conquistar esse título foi um marco na minha vida”. Destacou Pedro.

O atleta que construiu no atletismo uma história muito bonita. Inclusive com uma medalha de ouro no atletismo nos jogos Parapanamericanos de 2015, fez a transição de modalidade para o parataekwondo e já no seu segundo campeonato brasileiro chega ao título que é tão almejado por todos os atletas.

Pedro Neves teve uma lesão no joelho durante a competição e com muita raça e determinação foi até o fim.  Ele destacou a dificuldade que foi o campeonato e valorizou muito seus adversários. “Eu estava lesionado após a segunda luta, mesmo com muita dor consegui me superar e fui para a final.  Me concentrei muito e conseguimos amenizar um pouco a dor e eu consegui voltar para a luta. Entrei com um só sentimento, só saio daqui de maca e quero esse título. Meu adversário era muito forte e começou muito bem a luta, então  consegui uma vantagem boa de pontos e por pontuação e número de faltas cometidas por ele consegui vencer a luta”. Contou.

Os atletas seguem com suas preparações pensando no Draft que acontecerá em 2022. Esta é a fase de treinamento onde os atletas serão avaliados para compor a seleção brasileira de 2022 para as futuras competições e principalmente  para as paralimpíadas de Paris 2024.

Share Button
Empresas Parceiras
Unilehu
Unilehu